Lixo Zero, Aquecimento Global Zero

Em Solidaridade com a GAIA (Global Anti -Incineration Alternative) em comemoração do

8º Dia Mundial de Acção sobre o lema:

“Lixo Zero, Aquecimento Global Zero”

30 de Setembro de 2009, Mozambique.   A Justiça Ambiental este ano em solidaridade com a GAIA, pelo oitavo aniversário, em comemoração do Dia Mundial de Acção: ”Lixo Zero, Aquecimento Global Zero”, decidiu que devido à campanha eleitoral no País, não seria o momento mais oportuno para se fazer uma campanha ambiental ou de acção, pois não teria o impacto desejado. No entanto, não queríamos deixar passar um dia tão importante para todos nós, ambientalistas e cidadãos responsáveis, preocupados com o futuro do nosso País e Planeta. Como tal, foi decidido que enviaríamos uma mensagem a todos, pedindo um minuto do vosso tempo para uma reflexão e se possível uma tomada de decisão. 

Sabia que um dos maiores problemas da nossa era é a produção de resíduos graças aos nossos hábitos de vida? Tudo se resume ao chamado“ Lixo”, seja ele doméstico, hospitalar ou industrial.

Vivemos numa sociedade consumista em que o constante uso insustentável dos nossos recursos naturais e a produção de bens descartáveis, assim como à utilização de materiais sintéticos, são os grandes responsaveis pelos gases de estufa, que provocam o aquecimento Global.

Maioria de nós sabe que as mudanças climáticas já estão a ter impacto na nossa geração; também sabemos que se não houver uma mudança no sistema actual, deixa de haver, para as futuras gerações, a garantia de um futuro saudável e sustentável, tanto a nível social como ambiental, mas também e consequentemente a nível económico.

O que cada um de nós pode fazer, para evitar que a situacção piore? - Actos simples que  pouco a pouco vão fazer a diferença, como os seguintes:

1.Deixe de pertencer à sociedade consumista, comece por dar tudo o que não utiliza, a quem necessita;

2. Só compre o que for necessário;

3. Sempre que possível utilize materiais naturais, sem químicos, fertilizantes ou pesticidas;

4.Produza menos lixo, aproveitando tudo que seja reciclável;

5.Faça o seu próprio composto com os restos dos seus alimentos;

6. Evite utilizar sacos plásticos. Quando for às compras leve um cesto de palha ou de pano;

7. Poupe energia;

8. Viaje de avião só quando necessário;

9. Não deixe a água a correr quando estiver a fazer a barba ou a lavar os dentes.

Falar, criticar, debater é muito fácil, mas tomar uma decisão, dar o primeiro passo para a mudança, já é bem  mais difícil! Ainda assim, é possível, só é preciso vontade e coragem; Você tem?

O ser humano por si só, pode fazer a diferença; Todas as revoluções, todas as mudanças na História sempre começaram por uma atitude.

A Justiça Ambiental envia esta mensagem simples e possível  de implementar:

Seja e faça a diferença!!!

Justiça Ambiental

Rua de Marconi N.110  1 andar- Maputo

Tel. (+258) 21496668; Cell: 844427780

Email: ja@ja.org.mz


members sign in